Sunday, 12 July 2009

metade da minha vida


hoje é dia de lembrar saudades. é dia de perceber que quando alguém morre, a falta que esse alguém nos faz nunca desaparece, nem diminui, nem acalma. apenas se transforma. se harmoniza com os restantes elementos do quotidiano. mas não desaparece, nem diminui, nem acalma. hoje é dia de saber que metade da minha vida foi vivida com ela e outra metade já existe sem ela. e ela está sempre presente. a falta que me faz não desaparece, nem diminui, nem acalma. apenas se transforma. às vezes aparecem borboletas brancas. às vezes acendem-se os candeeiros à minha passagem. acontece a todos, sei que sim. mas eu presto atenção. porque às vezes é para mim. e mesmo que a falta do riso e do abraço e do mimo de mãe-que-há-só-uma que não desapareça, nem diminua, nem acalme, hoje é dia de lembrar o último desejo realizado. 14 anos passados. e a saudade não desaparece, nem diminui, nem acalma.

12 comments:

joao said...

é linda, meu coração.

Nês said...

:)

Inês Mega said...

que ternura...

Susana Miguel said...

aqui as minhas palavras não acrescentam nada de mais belo, por isso deixo apenas um beijinho, isabel.

Ícaro Estrela said...

Olá, gostei muito do teu blog. Os teus textos são ótimos. Volto outras vezes para ler e comentar.

Abraços!

Luci C. said...

Que lindo Isabel! :D

cs said...

muito bonito. :)

m.c said...

Aqui vi arte mas talvez gosta-se de visitar o meu blog e de uma grande amiga o blog é www.graxasedesgraxas.blogspot.com e não te esqueças de deixar um comentario

Anonymous said...

Aqui não vi arte, mas sim parte do que partilho...não há metade da minha vida mas por lá perto... é alma constante e presente na estrada que é a Vida de quem fica pelo lado de cá, por quem ainda não se transcende até ao outro Lado da Ponte Para a Eternidade...fica o alento do poeta que explicou que apenas alguns se vão libertando da Lei da Morte que é o esquecimento...porque Ela a quem nunca deixaremos de chamar Mãe libertou-se há muito com toda a certeza e estará connosco SEMPRE " de uma outra maneira" como ela própria o dizia...

Anonymous said...

Hoje é dia de lembrar saudades e abraços ...aconchego...ternura...alegria...pois houve um B.I. cuja data de nascimento era 23 de Outubro...

Hoje fica apenas a lembrança, pois esse B.I. deixou de ser válido há 16 longos anos...

Para Ti, Parabéns aí Naquele Lugar bem especial,onde se encontra um batalhão de Pessoas amigas...vai ser um dia diferente e quem sabe por isso o tempo hoje até mudou e se chover, vão ser lágrimas de alegria...

Um abraço do coração Mãezinha...

Anonymous said...

Não eras soldado, nem usavas armas...a tua arma maior era a Paz e o Amor que transmitias aos outros...

Esta música também faz parte de ti, pois eras uma heroína...

Heaven Was Needing A Hero

http://www.youtube.com/watch?v=WxJf9ZezTZE


AMAN***

Anonymous said...

Agora já tens a tua outra metade, pois da falta da geração que nos permitiu encarnar já tens a tua outra metade de ti que surgiu de ti para a geração seguinte...e que Bem.