Saturday, 3 February 2007

sol de inverno

o livro não conheço, ainda.
mas sinto-me na lua, sim, de cada vez que me entra um pedaço de sol de inverno pela pele, pela roupa, pela fortaleza gorro-casaco-cachecol.
é como beber um chá de canela e especiarias para aquecer a alma por dentro.
o sol de inverno... e o frio fica lá fora... longe do coração, a pincelar de cor-de-morango a brancura das maçãs do rosto.
um dia, quando crescer, farei um cobertor de sol de inverno para as tardes de chuva ao pé do lume.

2 comments:

inês leal, 31 anos à volta do sol said...

eu nunca li o livro, mas lembro-me bem de ter visto a capa e os meus olhos terem sorrido tanto...:)***

isabel said...

=)