Sunday, 27 January 2008

"a lua partida ao meio"


um ano a semear, a crescer e a cuidar,
um ano a desvendar, a sorrir e a imaginar,
um ano a descobrir, a encantar-se e a colorir.

as flores mais perfumadas e os frutos mais doces:
os que nascem aqui, de dentro do bater do coração, a cada instante.

(imagem de Pep Montserrat)

6 comments:

Breno said...

"tu lá sabes! é fácil falar!"

que demais! que sensacional!

Tinta no Bolso said...

um ano um minuto e um segundo

dá-me as contas para contar

dora said...

( porque já não passava aqui há uns tempos, um abraço planta! A borboleta continua a voar :)

flor-de-vento said...

gosto de te ler :)

aida monteiro said...

que engraçado, tenho um textinho que fala sobre um coração a crescer num vaso, e fiz também um desenho muito, muito parecido:)

gostei muito.
abracinho.

O Espelho de Eva said...

Muito lindo, muito leve! Gostei muito de seus textos.