Saturday, 2 June 2007

fadas madrinhas






porque, às vezes, a meia-noite chega demasiado depressa....








(imagens de
Niamh Sharkey)





[ há novos pós mágicos à solta por aí!
e alguém sabe onde eles estão... é aqui! ]

8 comments:

Fernando said...

ahora se acerca el tiempo de los grandes crepúsculos ...se acelera el ritmo rojizo del cielo casi eterno..esperando el arrebol de nuestros ojos..besos

inês leal, 31 anos à volta do sol said...

eu também tenho uma fada madrinha... :)***

e ela, às vezes, pede à meia-noite que chegue mais tarde...***

petroy said...

transportam constelações nos manto das suas saias ... distribuem a luz nos pequenos retalhos da vida de cada um ...

Nês said...

E depois? Depois aquelas coisinhas boas e mágicas que só podem acontecer até à meia-noite, vão-se embora quando nós ainda queríamos continuar a ter coisinhas boas e mágicas para todo o sempre... Nunca devia ser meia-noite...nunquinha!

Beijinhos e muntos gengibres

Fadinha said...

Olá! quero agradecer as palavras tão doces e bonitas que deixaste no meu blog. Voltarei para visitar este teu cantinho que me parece ser muito especial.
Beijinhos :)

çläu said...

muy bonito visitar tu blog!!!
me gusta todo y también tus visitas, gräcias

isabel said...

obrigada! seis-vezes-obrigada! é delicioso chegar e desembrulhar estes caramelos pequeninos e cheios de doçura! que a beleza das palavras e a luz das pequenas fadas iluminem, a cada anoitecer, os vossos olhares e os vossos desejos. (o meu coração aquece e enriquece com tão doces visitas... obrigada-sem-fim!)

inês leal, 31 anos à volta do sol said...

obrigada eu sem-nunca-um-fim..:)*