Friday, 18 May 2007

(re)aprender a voaaaar


porque nem sempre as nossas asas se abrem quando queremos, porque é preciso rodoPIAR pelas nuvens antes de rebolar na relva (é um bom aquecimento, caso o vento não esteja bom para grandes gargalhadas sonoras), porque os ventos que nos levam põem as asas no nosso caminho de cada vez que nos esquecemos de as procurar, porque das cinzas nascem todas as novas cores que nos fazem sorrir e ressorrir, porque é bom, de vez em quando, sermos descobertos (quando estamos aninhados, sossegados, no nosso cantinho).

(imagem de Claudia Degliuomini)

3 comments:

inês leal, 31 anos à volta do sol said...

devagarinho e sem medo.... lá vamos nós fazendo dos dias asas...*

isabel said...

* ........ =) .........*

çläu said...

Gracias a vos Isabel!
hoy salió un sol de otoño bellísimo por mis pagos y se puede oler también en tu blog!!!