Thursday, 17 May 2007

uma pérola de sal caída de um cometa



"Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respeitar a nossa fraqueza. Então, são lágrimas suaves, de uma tristeza legítima à qual temos direito. Elas correm devagar e quando passam pelos lábios sente-se aquele gosto salgado, límpido, produto de nossa dor mais profunda."

Clarice Lispector
(imagem de Carll Cneut)

(são as minhas lágrimas não caídas que te agradecem)

2 comments:

Nês said...

E custa tanto ser forte que por vezes é mesmo preferível desistir...

Beijinhos e muntos gengibres

Erik Mishkin said...

que lindo...