Saturday, 19 May 2007

o bairro dos poetas










«Joseph pensa que a alma pertence aos nómadas, são os nómadas que cuidam da alma. A figura bucólica do nómada é o pastor. Há coisas que se sabem e que ficam para sempre. Dizem que o deserto é como o corpo de uma mulher, Joseph não sabe porquê. Pensa que gostaria de conhecer o deserto e, em abstracto, que ficaria no deserto para sempre, a deslocar-se com as tribos, sem fazer perguntas, seguindo-as e confiando na sua sabedoria milenar.»

Fátima Pombo, O Bairro dos Poetas

(imagem: "ojo de poeta" de Cecilia Afonso Esteves)

2 comments:

Nês said...

Há tanta gente neste mundo com tanto para ensinar...vidas ricas de experiências e magia. Pena que não podemos simplesmente voar até eles e absorver td o que sabem só para sonharmos com coisas mais bonitas.

Beijinhos e muntos gengibres

Fernando said...

me gustan los ojos de los poetas...cual será el mío?..besos