Tuesday, 15 May 2007

o Grande Carvalho



não é fácil encontrá-lo.

é frondoso e vê-se ao longe, mas o mais difícil é lá chegar.
dizem que é preciso ser um príncipe, do lado de dentro do coração.

e levar papoilas na ponta dos dedos...
e ondas brancas no fundo dos olhos...
e gostar de canções de embalar.

debaixo de um grande carvalho há sempre uma princesa sentada, à espera de ser convidada para dançar... entre dança e contra-dança, tecem-se mantos de estrelas até o dia chegar.

um dia, quando o vires, saberás!

(imagem de May Ann Licudine)

4 comments:

Nes said...

Possas tão lindo... possas possas...

Beijinhos e muntos gengibres

PS: Tb tenho um pedacito de mim em www.fotolog.com/inescr

musalia said...

cristalino, o teu espaço :)
e as princesas do deserto? encontrarão uma palmeira para a espera?

voltarei.

isabel said...

uma palmeira, sim. com ramos de penas verdes, como asas, para poderem voar enquanto o sol não se for deitar.

obrigada pelas visitas! e pelos gengibres... mel e gengibre combina muito bem (e eu sou feita de mel, dizem...) :)

inês leal, 31 anos à volta do sol said...

....:)*******